Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do efeito do Cr3+ na resposta multifuncional de cerâmicas à base de CaCu3Ti4O12 na forma de pós e bulks

Processo: 19/13473-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Miguel Ángel Ramírez Gil
Beneficiário:Pedro Ivens de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07296-2 - CDMF - Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, AP.CEPID
Assunto(s):Dielétricos   Materiais cerâmicos

Resumo

O estudo de cerâmicas à base de CaCu3Ti4O12 (CCTO) têm recebido atenção crescente da comunidade científica, o que se justifica por sua multifuncionalidade, podendo ser aplicados em lasers, fotocatálise, LED's, capacitores, varistores, etc. O objetivo deste projeto é estudar o efeito de adições de Cr3+ no CCTO na resposta óptica de pós cerâmicos preparados por reação em estado sólido, bem como nas propriedades não ôhmicas e dielétricas de cerâmicas na forma de bulks. Será analisado o efeito da adição de X%Cr3+, sendo X = 0,00; 0,01; 0,02, 0,05, 0,10 e 0,25 em massa nas propriedades (micro)estruturais, ópticas e (di)elétricas do CCTO. A análise estrutural dos pós a longo, médio e curto alcance será realizada usando as técnicas de difratometria de raios X (DRX), resposta fotoluminescente, espectroscopia de ultravioleta visível (UV-Vis) e Raman, respectivamente. Será estudada a resposta fotocatalítica dos pós cerâmicos e a microestrutura será avaliada utilizando-se microscopia eletrônica de varredura (FEG-MEV). As técnicas DRX/Análise de Rietveld e FEG-MEV serão utilizadas para caracterizar a (micro)estrutura das cerâmicas na forma de bulks. A resposta dielétrica será caracterizada por espectroscopia de impedância (EI) a diferentes temperaturas e, medidas corrente-tensão (I-V) serão utilizadas para determinar o comportamento não ôhmico do material.