Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos sistemas de criação e da implementação de elementos de enriquecimento ambiental na qualidade da carne de frango de corte

Processo: 19/08667-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Ibiara Correia de Lima Almeida Paz
Beneficiário:Ana Júlia Garcia Satin
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Avicultura   Bem-estar do animal   Criação animal   Confinamento animal   Enriquecimento ambiental   Frangos de corte   Qualidade da carne   Modelos estatísticos   Delineamento experimental

Resumo

Objetiva-se com este estudo avaliar a influência do sistema de criação em confinamento parcial e a implementação de fardos de feno, plataforma com degraus e globo de luz giratório como elementos de enriquecimento ambiental na qualidade da carne de frangos de corte. Serão utilizados 4200 frangos de corte machos, com 1 dia de vida, da linhagem Cobb® Slow, dos quais 4000 serão alojados em aviário totalmente climatizado em um sistema totalmente automatizado com ventilação em pressão negativa. O aviário será delimitado em sentido longitudinal. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado com três tratamentos: Sem Enriquecimento Ambiental (SEA): 2000 aves alojadas ambiente semelhante aquele encontrado em aviários comerciais; Com Enriquecimento Ambiental (CEA): 2000 aves alojadas em ambiente semelhante aquele encontrado em aviários comerciais, entretanto enriquecido com fardos de feno, escadas e globo de luz giratório; e Confinamento Parcial (CP): 200 aves alojadas em confinamento parcial, em aviário com centro de manejo e acesso à piquetes com forragem e sombreamento arbóreo. Serão avaliadas as características relacionadas a qualidade de carne, dentre elas, pH, perda por gotejamento, perda por cozimento, capacidade de retenção de água, força de cisalhamento, coloração, umidade, resíduo mineral fixo, proteína, lipídeos totais, perfil de ácidos graxos. Os dados que atenderem as pressuposições do modelo estatístico (normalidade e homogeneidade) serão analisados por ANOVA e comparados pelo teste Tukey ao nível de 5% de significância.