Busca avançada
Ano de início
Entree

Construção de uma escala de quantificação de experiências interoceptivas

Processo: 19/14534-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Daniel Ciampi Araujo de Andrade
Beneficiário:Vinicius Deniz de Oliveira
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurologia   Interocepção   Escalas (psicometria)   Autorrelato

Resumo

Interocepção é definida como a percepção das sensações internas corporais. É descrita como um fenômeno complexo e que inclui qualquer informação corpórea enviada através das fibras de condução lenta dos nervos periféricos aos centros nervosos cerebrais, principalmente à ínsula e ao córtex cingulado anterior. Poucos são os instrumentos que avaliam a interocepção nos diversos sistemas fisiológicos. Esse estudo propõe a construção de uma escala de experiências interoceptivas a partir da correlação das experiências interoceptivas autorrelatadas do cotidiano, a percepção diante de um estímulo interoceptivo e o registro de medidas biológicas ou quantitativas. A construção de uma escala de experiências interoceptivas de fácil aplicabilidade, interpretação dos resultados e custo poderá ser utilizada como uma ferramenta clínica na triagem para diversas doenças associadas com a percepção de sinais internos corporais atípicos e na responsividade à tratamentos. Além disso, poderá contribuir para um melhor entendimento de sintomas sensoriais, como as dores crônicas e ser adotada no estudo da psicopatologia e de domínios cognitivos, como nas dificuldades relacionadas à emoção (desde a sua regulação, expressão, reconhecimento, empatia e labilidade emocional), déficits na aprendizagem e tomada de decisão.