Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabilidade dos probióticos: estudo de avaliação temporal e dos produtos comercializados

Processo: 19/15078-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Elcio dos Santos Oliveira Vianna
Beneficiário:Amanda de Souza Salvador
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/21035-8 - Relação entre trabalho, sensibilização alérgica e asma: estudos longitudinais de caracterização e prevenção, AP.TEM
Assunto(s):Pneumologia   Probióticos   Bactérias   Comercialização de produtos   Controle da qualidade

Resumo

Culturas probióticas são micro-organismos vivos que quando administrados em quantidades adequadas conferem benefícios à saúde do hospedeiro. A qualidade dos produtos probióticos comercializados é questionável e a maioria deles não atende com precisão à alegação do rótulo. Objetivo: 1) Conhecer a viabilidade do probiótico ao longo do tempo em condições de armazenamento adequadas; 2) Avaliar probióticos disponíveis comercialmente e comparar os resultados com a informação dos rótulos. Métodos: A fim de verificar a viabilidade das estirpes probióticas, os produtos na forma de sachê ou cápsulas serão submetidos à diluição decimal seriada e cultivados no meio de cultura Agar MRSc para determinação do número de unidades formadoras de colônia (UFC). Adicionalmente, será verificada a eventual presença de micro-organismos contaminantes.