Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de marcadores moleculares para a detecção de resistência a inseticidas em Spodoptera frugiperda e Euschistus heros e o papel da microbioma do inseto na resistência

Processo: 19/17215-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: BBSRC, UKRI ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Celso Omoto
Beneficiário:Antonio Rogério Bezerra do Nascimento
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/21155-6 - Compreensão da evolução da resistência a inseticidas em pragas agrícolas do Brasil: rumo a estratégias efetivas de manejo da resistência a inseticidas (MRI), AP.R
Assunto(s):Microbiota   Entomologia agrícola   Marcador molecular   Spodoptera frugiperda   Euschistus heros

Resumo

A resistência a inseticidas representa uma ameaça crescente para a sustentabilidade da agricultura brasileira e estratégias para prevenir, retardar ou mitigar a resistência são urgentemente requeridas. Contudo, o desenvolvimento de estratégias efetivas para combater a resistência tem sido limitante pela falta de conhecimento de mecanismos de resistência em pragas-chaves de ecossistemas agrícolas. O objetivo geral do projeto no estágio 2 é preencher essa lacuna de conhecimento mediante 1) exploração de novos recursos de genômica e transcritômica (gerados no estágio 1 do projeto) para entender as bases moleculares da resistência do percevejo marrom da soja, Euschistus heros, e da largata-do-cartucho do milho, Spodoptera frugiperda, e 2) traduzir esse conhecimento em ferramentas e estratégias para combater a resistência.