Busca avançada
Ano de início
Entree

Biologia populacional do caranguejo amarelo Johngarthia lagostoma (Brachyura: Gecarcinidae) na ilha de Trindade, Brasil

Processo: 19/16581-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Marcelo Antonio Amaro Pinheiro
Beneficiário:Marcio Camargo Araujo João
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Ecologia de populações   Conservação biológica   Crustáceos   Caranguejo   Antropia   Espécies em perigo de extinção

Resumo

O caranguejo-amarelo, Johngarthia lagostoma (H. Milne Edwards, 1837) é um braquiúro endêmico em ilhas oceânicas, destacando-se como predador de topo e espécie-chave nestes ambientes. Sua distribuição mundial está restrita apenas a quatro ilhas do Oceano Atlântico: Fernando de Noronha, Atol das Rocas, Ascensão e Trindade. Até o momento os reduzidos estudos relativos à biologia e distribuição de J. lagostoma foram realizados na Ilha de Ascensão, embora descobertas recentes tenham indicado ausência de conexão genética entre estas quatro ilhas, sendo a população mais isolada aquela existente na Ilha da Trindade. Este caranguejo apresenta um padrão de coloração que varia do amarelo ao roxo, com distribuição espacial visivelmente distinta nos ambientes da ilha, ocorrendo desde as praias até os topos de montanha. O significado destes padrões fenotípicos para a espécie e as causas reguladoras dessa distribuição diferencial ainda são desconhecidos. Em função de sua restrita área de distribuição, J. lagostoma está considerada sob ameaça de extinção na última avaliação realizada no Brasil, carecendo de maiores estudos bioecológicos, particularmente na Ilha da Trindade, onde ainda não foi prejudicada de forma direta por impactos antrópicos. Pelo exposto, o objetivo do presente projeto é avaliar parâmetros da biologia populacional do caranguejo-amarelo (J. lagostoma) na Ilha da Trindade, em especial seu crescimento relativo, maturidade sexual (morfológica, fisiológica e funcional), estrutura populacional (proporção sexual, recrutamento, etc.) e descrever os padrões de sua coloração. Para isso, tais parâmetros serão avaliados em duas praias arenosas (Andradas e Tartarugas) e dois morros (Platô do Príncipe, com 136m; e Morro do Desejado, com 612m), buscando avaliar a variação destes parâmetros de J. lagostoma nestas distintas feições insulares. Os resultados pretendidos visam entender a biologia populacional desta espécie em condições de mínima intervenção humana, visando auxiliar seu manejo podendo embasar futuras avaliações sobre seu estado de conservação e risco de extinção.