Busca avançada
Ano de início
Entree

Refinamento do processo de maturação úmida para inviabilização de cistos de Toxoplasma gondii em lombos de suínos experimentalmente infectados

Processo: 19/15962-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Hilda Fátima de Jesus Pena
Beneficiário:Yara Souza Clemes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças parasitárias   Toxoplasmose   Infecção experimental   Bioensaio   Suínos   Toxoplasma gondii

Resumo

A toxoplasmose é uma doença de extrema importância zoonótica causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Os felinos são os únicos hospedeiros definitivos de T. gondii, pois são os únicos animais capazes de eliminar oocistos do parasita nas fezes. Os outros animais têm papel de hospedeiros intermediários transmitindo a protozoonose quando sua carne serve para alimentação. As duas principais vias de transmissão de T. gondii para o homem são a ingestão de oocistos esporulados e a ingestão de carnes cruas ou mal cozidas que contenham cistos teciduais viáveis do agente. Estudos experimentais já comprovaram que cistos podem permanecer viáveis após aquecimento a 60°C por até 4 minutos ou a 50°C por até 10 minutos. Já foi demonstrado que os cistos podem ser destruídos após a carne ser congelada a -12°C resultando na recomendação de congelamento dos cortes cárneos por no mínimo dois dias em temperaturas inferiores a -12°C. O processamento por cura de alguns produtos cárneos pode inviabilizar os cistos dependendo da concentração de sal e temperatura de estocagem. O processo de maturação úmida de lombos suínos, proveniente de animais experimentalmente infectados, não inviabiliza cistos de T. gondii com 14 dias de maturação, mas foi demonstrada sua inviabilização com 21 dias de maturação, abrindo uma janela de estudo para o refinamento desta metodologia como meio de controle da toxoplasmose por ingestão de carnes. (AU)