Busca avançada
Ano de início
Entree

Doenças dos glóbulos vermelhos: fisiopatologia e novas abordagens terapêuticas

Processo: 19/19648-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Mônica Barbosa de Melo
Beneficiário:Thiago Adalton Rosa Rodrigues
Instituição-sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/00984-3 - Doenças dos glóbulos vermelhos: fisiopatologia e novas abordagens terapêuticas, AP.TEM
Assunto(s):Hematologia   Fisiopatologia   Hemoglobinopatias   Eritrócitos   Anemia   Inflamação

Resumo

Esta nova proposta de Projeto Temático será desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa em Glóbulos Vermelhos formado por pesquisadores do Hemocentro, do Departamento de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas e do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG) da UNICAMP em colaboração com vários pesquisadores brasileiros e internacionais. O novo projeto representa uma grande expansão da proposta anterior com a inclusão de temas novos e inéditos que sem dúvida resultarão em dados extremamente significativos do ponto de vista científico e na terapia das doenças estudadas. Este projeto tem como objetivo desvendar aspectos importantes da fisiopatologia das doenças dos glóbulos vermelhos e descobrir novas formas de tratamento com a utilização de equipamentos e tecnologia que estão na fronteira do conhecimento, além de ampliar as colaborações internacionais formadas nestes últimos anos. Serão introduzidos novos métodos e equipamentos; uma plataforma de microscopia intravital para investigação da microcirculação in vivo, o equipamento Amnis ImageStream para a visualização de interações e alterações celulares, estudos com utilização de iPS e técnicas de sequenciamento e função gênica de última geração. Em seu conjunto, o projeto propõe estudos em cinco grandes áreas relacionadas às alterações das hemácias e das doenças daí derivadas; a identificação de genes associados a eritropoese e fatores moleculares que regulam a produção de HbF, os efeitos da hemólise e identificação de alvos terapêuticos, alterações estruturais e funcionais da molécula de hemoglobina, aspectos da fisiopatologia das doenças relacionadas aos glóbulos vermelhos e novas drogas e alvos terapêuticos nas hemoglobinopatias. A excepcional equipe de pesquisadores brasileiros e estrangeiros envolvidos na proposta aliada ao uso dos métodos e equipamentos descritos representa uma abordagem multidisciplinar moderna com o emprego de métodos in vitro e in vivo para a investigação de aspectos ainda não esclarecidos das doenças dos glóbulos vermelhos. Acreditamos que este enfoque fornecerá dados fundamentais para o conhecimento e o desenvolvimento de novas terapias para o tratamento destas doenças.