Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de linhagem transgênica, condicionando a expressão da proteína Cre Recombinase à ativação do promotor endógeno de Sucnr1/GPR91

Processo: 19/19555-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Thiago Mattar Cunha
Beneficiário:Isadora Marques Paiva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08216-2 - CPDI - Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, AP.CEPID
Assunto(s):Dor crônica   Farmacologia molecular

Resumo

As dores crônicas são dores que persistem ou recorrem por períodos prolongados após uma lesão tecidual aguda ou lesão sem cura, impactando diretamente na qualidade de vida dos indivíduos portadores. Devido a isso, estudos que visem elucidar os eventos teciduais, celulares e moleculares responsáveis por desencadeá-las são essenciais para elaboração de tratamentos mais eficazes. As dores crônicas podem surgir em decorrência de lesões de nervos periféricos e culminar na desregulação do metabolismo celular, gerando um maior acúmulo de vários metabólitos, como é o caso do succinato. Resultados preliminares do grupo de pesquisa mostraram que uma injeção de succinato foi capaz de induzir alodínia mecânica em camundongos selvagens, e mostraram também que em animais Knock-out para GPR91 (receptor endógeno do succinato), há uma prevenção do desenvolvimento da hipersensibilidade mecânica. Com estes achados relacionando envolvimento do receptor Sucnr1/Gpr91 ao desenvolvimento da dor, visamos com este plano de trabalho desenvolver uma linhagem transgênica em células e em camundongos, condicionando a expressão da proteína Cre recombinase à ativação do promotor deste gene. Os resultados fornecerão ferramentas fundamentais para compreensão dos processos celulares envolvidos na condição da síndrome da dor crônica. Além disso, será possível introduzir um alvo terapêutico para o desenvolvimento de medicamentos mais eficientes.