Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da maturação biológica como agente potencializador de ganhos ósseos decorrentes da prática esportiva entre adolescentes: ABCD Growth Study

Processo: 19/15959-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 31 de outubro de 2019
Vigência (Término): 27 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Rômulo Araújo Fernandes
Beneficiário:Yuri da Silva Ventura Faustino da Silva
Supervisor no Exterior: Manuel Joao Cerdeira Coelho e Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Coimbra (UC), Portugal  
Vinculado à bolsa:18/09230-2 - Impacto longitudinal da prática de atletismo sobre a saúde óssea, metabolismo e inflamação de adolescentes: ABCD-GROWTH study, BP.MS
Assunto(s):Maturação   Pediatria   Densidade óssea   Esportes

Resumo

Introdução: A osteoporose é umas das doenças que mais acomete a saúde da população mundial, principalmente durante o envelhecimento. No entanto, umas das fases, mais importante do crescimento e desenvolvimento humano para fins de ganho e desenvolvimento do tecido ósseo é a adolescência (onde ocorre o pico de velocidade do crescimento). E a prática de exercícios físicos (principalmente de impacto) tem se mostrado capaz de induzir resposta na estrutura e nos marcadores bioquímicos do metabolismo ósseo. No entanto ao considerar estas duas afirmações, uma lacuna ainda permanece. Esta lacuna refere-se à existência de uma possível maximização dos ganhos ósseos decorrentes da prática esportiva durante estes períodos de mais acelerada formação óssea. Apesar de parecer plausível nossos questionamentos, ainda não estar esclarecido na literatura tal processo. Em adição os métodos mais utilizados para analisar o desenvolvimento ósseo (DEXA ou Radiografia da mão e do punho), todavia a radiografia da mão e do punho é capaz de apenas analisar em termos de estrutura óssea, desconsiderando a qualidade do tecido. Olhando para essa perspectiva, faz-se necessário um preenchimento de mais um brecha na literatura, onde a busca de modelos equacionais, que possibilitam predizer o desenvolvimento de maturação óssea através de imagem do DEXA, pode viabilizar um analise mais completa do tecido ósseo, ampliando ainda mais os métodos que possam ser utilizado no projeto de pesquisa, bem como, na área de conhecimento em questão. Objetivo: Identificar o possível papel potencializado da maturação biológica sobre ganhos ósseos decorrentes da prática esportiva entre adolescentes, bem como, desenvolver um método não invasivo para análise da maturação óssea utilizando a técnica de densitometria óssea da região do punho e mão. Estes conhecimentos são de suma relevância para um melhor entendimento dos fenômenos abordados na bolsa de mestrado.