Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da fidedignidade da versão adaptada do special needs questionnarie para o português do Brasil

Processo: 19/18547-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Pediátrica
Pesquisador responsável:Aline Cristiane Cavicchioli Okido
Beneficiário:Patricia Casale Parra
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Continuidade da assistência ao paciente   Recém-nascido prematuro   Inquéritos e questionários   Estudos de validação

Resumo

Objetivo: avaliar a fidedignidade da versão adaptada do Special Needs Questionnarie para o português do Brasil em uma amostra de pais e/ou responsáveis por crianças nascidas prematuras egressas da Unidade de Cuidado Intensivo Neonatal. Método: Trata-se de um estudo metodológico. A etapa proposta neste estudo será realizada a partir de visitas domiciliares. Os critérios de elegibilidade dos participantes serão: pais e/ou responsáveis, com idade superior a 18 anos, de crianças nascidas prematuras egressas da Unidade de Cuidado Intensivo Neonatal. Serão recrutados no mínimo 50 pais e/ou responsáveis. A versão adaptada do instrumento a ser aplicada contém 20 itens que deverão ser respondidos utilizando uma escala do tipo Likert com 5 possibilidades de resposta. Após quinze dias, será agendado um segundo encontro no domicílio com o objetivo de reaplicar a versão adaptada, método conhecido como teste-reteste. Para avaliar a fidedignidade da versão adaptada será calculado a consistência interna a partir do teste Alfa de Cronbach e a reprodutibilidade a partir do Coeficiente de Correlação Intraclasse. Ademais, será verificado a existência de efeito floor e efeito ceiling. Resultados esperados: disponibilizar um instrumento adaptado e fidedigno para mensurar a continuidade do cuidado dos recém-nascidos prematuros. Espera-se, também, subsidiar o planejamento do cuidado de modo a potencializar as ações integrais e integradas após a alta hospitalar.