Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de estrelas variáveis no J-VAR

Processo: 19/20293-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Estelar
Pesquisador responsável:Alessandro Ederoclite
Beneficiário:Matheus de Jesus Castro
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema solar   Estrelas variáveis   Supernovas   Telescópios

Resumo

Os telescópios de grande campo de visão são uma grande contribuição para a astrofísica no domínio do tempo. Como um bom exemplo, um deles é o Large Synoptic Survey Telescope (LSST), cuja ciência principal é o estudo do céu variável. Atualmente, o IAG/USP está envolvido em dois projetos que utilizam dois telescópios gêmeos, que fazem uso de grande campo de visão, bem como uma extraordinária qualidade de imagem Projetos J-PLUS e S-PLUS, realizados no Observatório Astrofísico de Javalambre (OAJ) e no Observatório Interamericano Cerro Tololo (CTIO). O J-VAR é um projeto destinado a aproveitar o clima não fotométrico no OAJ e no CTIO, sem reduzir a eficiência do J-PLUS e do S-PLUS. Os principais projetos científicos são objetos do Sistema Solar, supernovas e estrelas ativas e pulsantes. Como um importante subproduto do J-PLUS, o J-VAR fornecerá a identificação de fontes variáveis para as quais a conexão SED pode fornecer resultados não confiáveis. O projeto atual incidirá na avaliação dos dados, na calibração dos mesmos e na obtenção de curvas de luz confiáveis.