Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de uma plataforma de jogos digitais no desempenho cognitivo de idosos

Processo: 19/20194-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Leandro Agostini Do Amaral
Beneficiário:Ana Julia de Lima Bomfim
Empresa:Aptor Consultoria e Desenvolvimento de Software Ltda. - ME
CNAE: Desenvolvimento de programas de computador sob encomenda
Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis
Consultoria em tecnologia da informação
Vinculado ao auxílio:17/14952-4 - Plataforma de jogos acessíveis para proporcionar treinamento cognitivo ao público senescente, AP.PIPE
Assunto(s):Geriatria   Saúde do idoso   Idosos   Envelhecimento cognitivo   Cognição   Jogos eletrônicos

Resumo

Efeitos de uma plataforma de jogos digitais no desempenho cognitivo de idosos O declínio cognitivo está associado ao envelhecimento e a mudanças estruturais cerebrais (FERREIRA et al., 2013). Alguns estudos relatam o declínio de alguns domínios cognitivos associados ao envelhecimento, tais como, velocidade do processamento, percepção, funções executivas, atenção, memória episódica e linguagem (MISHRA et al., 2015; FERREIRA et al., 2013). Os idosos representam potenciais usuários de jogos digitais (SOUZA & TREVISAN, 2014). Os jogos digitais podem contribuir para a qualidade do processo de envelhecimento, amenizando o declínio de alguns aspectos decorrentes desse processo, como aspectos motores, perceptivos, cognitivos e psicossociais (CHEN et al., 2012). Serious games são jogos que não possuem o entretenimento como finalidade principal (MICHAEL et al., 2005). Uma das áreas mais promissoras para a aplicação desses jogos é a avaliação neuropsicológica (VALLADARES-RODRÍGUEZ et al., 2012). Serious games podem potencialmente revolucionar a avaliação cognitiva dos idosos em ambientes clínicos, permitindo que as avaliações sejam mais frequentes, mais acessíveis e mais agradáveis (TONG et al., 2016). Os testes computadorizados possuem vantagens sobre testes neuropsicológicos tradicionais, tais como, registro preciso de respostas e a capacidade de automaticamente armazenar e comparar o desempenho de uma pessoa entre sessões de teste. Além disso, o comando é padronizado e não ocorre interferência do examinador (ZYGOURIS et al., 2014). Dessa forma, considerando o declínio cognitivo associado ao envelhecimento, estratégias que buscam a prevenção e promoção de saúde para essa população são necessárias. Portanto, as avaliações cognitivas são essenciais para a identificação precoce do declínio cognitivo e contribui para o estabelecimento de um plano de cuidados adequado para essa população. Além disso, o uso de tecnologia na área da saúde tem sido promissor e a aplicação de testes cognitivos digitais parece ser uma alternativa viável para os equipamentos de saúde.