Busca avançada
Ano de início
Entree

O impacto da espiritualidade e religiosidade na atuação de pediatras intensivistas

Processo: 19/18174-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Patricia Maluf Cury
Beneficiário:Lorena Silvestre Gabioli
Instituição-sede: Faculdade Faceres. Instituto Superior de Educação Ceres (UNICERES). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Pediatria   Cuidados paliativos   Espiritualidade   Religiosidade   Assistência ao paciente   Inquéritos e questionários   Estudos transversais

Resumo

Tendo em vista a assistência integral dos pacientes de modo geral, a espiritualidade e religiosidade é parte integrante do cuidado. Quando o paciente é uma criança isso também ocorre. Estudos comprovam que as práticas espirituais melhoram a saúde mental, qualidade de vida e relação interpessoal. O mesmo acontece com os médicos intensivistas pediátricos que lidam com o sofrimento de crianças e seus familiares diariamente. OBJETIVO: este estudo tem como objetivo verificar a religiosidade/espiritualidade dos médicos de UTI pediátrica e como ela influencia no cuidado com o paciente e no enfrentamento de estresse pessoal. MATERIAL E MÉTODO: estudo de caráter transversal com abordagem qualitativa, realizado através de questionários online respondidos por pediatras de Unidade de Terapia Intensiva que estão inseridos na Associação de Medicina Intensiva Brasileira.