Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da fração azul extraída de sementes de urucum (Bixa Orellana L.)

Processo: 19/18680-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Nogueira Carvalho
Beneficiário:Natani de Paula Lima Amaro
Instituição-sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/25761-8 - Fração azul de sementes de urucum (Bixa Orellana l), AP.R
Assunto(s):Fitoterapia   Urucum   Bixa orellana   Sementes   Extratos vegetais   Processos de separação

Resumo

Apesar das sementes de urucum (Bixa orellana L.) serem conhecidas principalmente pela produção de um dos corantes naturais mais importantes para as indústrias de alimentos, elas sempre foram utilizadas na medicina doméstica como antiinflamatório, hipotensivo, antibiótico, expectorante, antifebril, etc. Essas propriedades têm sido explicadas pelas recentes descobertas de substâncias com atividade farmacológica nesses grãos. Substâncias como o geranilgeraniol, um diterpeno utilizado com sucesso na profilaxia de diversos tipos de câncer e os tocotrienóis, formas naturais da vitamina E com intensa atividade antioxidante, neuro-protetivas e redutora do colesterol, já são extraídas desses grãos e comercializadas apela indústria farmacêutica. Em um estudo recente, onde buscávamos estabelecer tecnologia para a separação do geranilgeraniol e dos tocotrienóis dos grãos de urucum, deparamos com uma quantidade significativa de uma fração com uma forte tonalidade azul. Avaliações preliminares constataram tratar-se de derivados do azuleno, cuja presença ainda não foi citada nas sementes de urucum. Esse projeto visa desenvolver tecnologia para a separação adequada desse conjunto de substâncias com características análogas, sua caracterização e a avaliação de suas propriedades farmacológicas.