Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da placa estabilizadora na distribuição de tensão nos parafusos de fixação, implante dental e tecido ósseo peri-implantar em situações de apertamento dental: análise de elementos finitos 3D

Processo: 19/18178-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Victor Eduardo de Souza Batista
Beneficiário:Lorena Scaioni Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências da Saúde (FCSA). Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Implantodontia   Osso e ossos   Implantes dentários   Ligas metalo-cerâmicas   Fenômenos biomecânicos   Método dos elementos finitos

Resumo

O presente trabalho terá como objetivo estudar o comportamento biomecânico de próteses de três elementos implanto suportadas em situação de para função (apertamento) com e sem o uso da placa estabilizadora oclusal utilizando a análise de elemento finitos 3D. Oito modelos tridimensionais serão simulados com o auxílio dos programas In Vesalius, SolidWorks e Rhinoceros. Cada modelo será constituído de um bloco ósseo maxilar referente a região do 1º PM ao 1º M direito, apresentando três implantes do tipo hexágono externo de 4,0 mm de diâmetro e 7,0 mm comprimento suportando prótese de três elementos metalocerâmica parafusada variando o fator união das coroas (esplintagem) e uso da placa estabilizadora oclusal. A placa oclusal estabilizadora será modelada com 2 mm de espessura. O programa FEMAP 11.4.2 será utilizado para gerar os modelos de elementos finitos nas fases de pre- e pós-processamento. O tecido ósseo será analisado por mapa de tensão máxima principal e microdeformação e os parafusos de fixação e implantes dentais serão analisados pelo mapa de tensão de von Mises.