Busca avançada
Ano de início
Entree

Incorporação da eosina decil éster e efeitos da foto-oxidação em modelos simplificados de membranas bacterianas baseados em vesículas unilamelares gigantes

Processo: 19/20853-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 08 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 07 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Pedro Henrique Benites Aoki
Beneficiário:Lucas Gontijo Moreira
Supervisor no Exterior: Carlos Manuel Venancio Marques Serra
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Local de pesquisa : Institut Charles Sadron (ICS), França  
Vinculado à bolsa:18/13021-0 - Foto-oxidação de filmes de Langmuir como sistemas miméticos de membrana de Escherichia coli, BP.IC
Assunto(s):Inativação fotodinâmica   Escherichia coli   Foto-oxidação

Resumo

A inativação fotodinâmica de microrganismos (IFDM) tem recebido destaque devido sua eficiência na luta contra cepas super-resistentes de bactérias. A técnica é baseada na administração controlada de um agente fotossensibilizante (FS), sendo foto-ativado para a geração de espécies reativas de oxigênio (ROS), responsáveis pela oxidação de estruturas celulares vitais ao microrganismo. Sabe-se ainda que os fosfolipídios insaturados presentes nas membranas celulares são os principais alvos das ROS. No entanto, os mecanismos de interação com os FSs assim como os efeitos da oxidação lipídica sobre a membrana não são totalmente compreendidos. Neste projeto, vesículas gigantes unilamelares (GUVs) serão utilizadas como estruturas miméticas da membrana lipídica da Escherichia coli, um importante patógeno que possui resistência contra antibióticos. Para este fim, GUVs de fosfolipídios insaturados 1,2-dioleoil-sn-glicero-3-fosfatidiletanolamina (DOPE), 1,2-dioleoil-sn-glicero-3-fosfoglicerol (DOPG) e cardiolipina (CLP) serão fabricadas contendo diferentes concentrações da eosina decil éster (EosDec), um FS anfifílico da família dos xantênicos. A EosDec incorporada na membrana será foto-ativada para a identificação dos efeitos da oxidação lipídica nas propriedades físico-químicas da monocamada, que incluem o aumento da área molecular média ocupada pelos fosfolipídios, além da permeabilidade da membrana. Este projeto BEPE está inserido no projeto de iniciação científica (2018/13021-0) intitulado "Foto-oxidação de filmes de Langmuir como sistemas miméticos de Escherichia coli", em andamento na FCL-UNESP, Assis, Brasil.