Busca avançada
Ano de início
Entree

O corpo e as formações narcísicas: uma exploração teórica inicial do problema da imagem em J.-David Nasio e Sylvie Le Poulichet

Processo: 19/15551-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 17 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia
Pesquisador responsável:Josiane Cristina Bocchi
Beneficiário:Fabrício Ephraim Gusmão Renzi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Psicanálise   Narcisismo   Autoimagem   Imagem corporal   Corpo

Resumo

Este projeto se insere no campo das teorizações psicanalíticas e as relações entre corpo e a economia psíquica. Não é exatamente uma pesquisa em psicossomática. O presente trabalho propõe agregar uma pesquisa teórico conceitual sobre as formações narcísicas e sua relação com o domínio corporal. O conceito de narcisismo é muito pouco explorado pelas teorias psicossomáticas clássicas. Propõe-se um levantamento sobre o estatuto da imagem do corpo, tendo como base um recorte de textos específicos sobre o tema, através da produção de dois psicanalistas franceses contemporâneos: J-D. Nasio e Sylvie Le Poulichet. O objetivo é realizar uma exploração conceitual sobre o problema da imagem narcísica e sua relação com o corpo, através da apresentação e discussão dos conceitos de identificação e castração em J.-David Nasio, cujos trabalhos são representativos quanto ao papel da imagem para a constituição subjetiva do eu e as formações narcísicas que incidem sobre o corpo. Será realizado levantamento bibliográfico pré-estabelecido de textos de J. David Nasio e de Sylvie Le Poulichet. Esta autora tem interlocuções com alguns trabalhos de Nasio e fornece elementos para pensar o corpo próprio como excesso (pulsional), como um contraponto à leitura de Nasio sobre o corpo imagem. Espera-se extrair elementos para pensar o problema da imagem do corpo em um âmbito afetivo-tensional e não apenas imagético. Compreender esses fundamentos podem auxiliar na compreensão e intervenção em configurações narcísico-mortíferas, bastante presentes nas formas contemporâneas de sofrimento psíquico, tais como no adoecimento somático grave, nas personalidades limítrofes e na sua relação dessubjetivada com o corpo e a afetividade da experiência corporal.