Busca avançada
Ano de início
Entree

Sofrimento psíquico e racismo: repercussões subjetivas em filhos (as) de famílias inter-raciais

Processo: 19/11023-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Manoel Antônio dos Santos
Beneficiário:Carolyne Laurie Benícia dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Racismo   Teoria psicanalítica   Estresse psicológico   Subjetividade   Relações raciais   Relações familiares   Coleta de dados   Relatos de casos   Entrevistas (psicologia)

Resumo

Considerando a escassez de investigações que relacionem dinâmicas familiares, relações inter-raciais e subjetividade, o presente estudo tem por objetivo compreender o sofrimento psíquico relacionado ao racismo em filhos (as) oriundos (a)s de famílias inter-raciais e suas repercussões na constituição psíquica do sujeito. Elegeu-se a abordagem psicanalítica como referência teórico-conceitual. Trata-se de um estudo de caso clínico coletivo. Participarão do estudo sete participantes negros, de ambos os sexos, de 18 a 30 anos, provenientes de lares nos quais um dos cônjuges é considerado socialmente branco e o outro, negro. Para coleta de dados será utilizada a entrevista aberta, em profundidade, introduzida por duas questões disparadoras: "Conte-me qual é a origem regional e racial de sua família?" e "De que forma a raça é falada e vivenciada pelos membros de sua família?". A partir da enunciação dessas questões, a entrevista será conduzida de forma livre, privilegiando-se as associações dos participantes. As entrevistas serão realizadas individualmente e audiogravadas mediante autorização dos participantes. O conteúdo será transcrito literalmente e na íntegra. Posteriormente, os dados serão submetidos à análise orientada pelo referencial psicanalítico, que se ancora na escuta e na contratransferência da pesquisadora em relação ao corpus composto pelas transcrições das entrevistas. Espera-se que os resultados contribuam para elucidar alguns aspectos da relação existente entre a constituição subjetiva do sujeito negro na família inter-racial e o racismo como fonte de sofrimento psíquico. Investigar as repercussões do racismo na subjetividade de filhos (as) de famílias inter-raciais possibilitam o desenvolvimento de novas compreensões, que convidam os profissionais da Psicologia e suas produções teóricas a considerarem o sofrimento suscitado pelo racismo e suas implicações singulares em famílias inter-raciais.