Busca avançada
Ano de início
Entree

Como se estrutura a cadeia produtiva de carnes (aves e suínos) nos estados unidos da américa: comparações a partir do modelo brasileiro de produção

Processo: 19/19984-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 22 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol
Beneficiário:Carla Hentz
Supervisor no Exterior: Marcellus Marques Caldas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Kansas State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/24877-7 - Relações campo x cidade no oeste catarinense: da agroindústria de carnes ao consumo produtivo, BP.DR
Assunto(s):Suinocultura   Geografia agrária   Cadeia produtiva   Avicultura

Resumo

O objetivo da realização do estágio na Universidade do Estado do Kansas em Manhattan consiste em analisar a estrutura da cadeia produtiva de carnes (aves e suínos) nos Estados Unidos da América, tomando o modelo brasileiro de produção como parâmetro comparativo. Com uma estrutura altamente complexa, a cadeia produtiva de carnes norte-americana é caracterizada pela utilização de modernos sistemas de planejamento, organização e coordenação dos elos produtivos, os quais refletem o vigoroso crescimento da produção no país. Brasil e Estados Unidos são hoje os maiores produtores e exportadores mundiais de proteína animal, atingindo níveis de produtividade que garantem a inserção competitiva dos setores nos mercados globais. A hegemonia de ambos os setores justifica-se devido à presença de grandes corporações que detém o monopólio dos mercados, formando um sistema hegemônico de produção, industrialização e comercialização. O desempenho da cadeia se deve à lógica de produção integrada adotada pelas agroindústrias, a qual tem propiciado ao setor significativos acúmulos de capital. Para tal, configura-se um desafio muito interessante analisar o modelo de produção em que atualmente se organiza a maior parte da cadeia produtiva de carnes (aves e suínos), identificando as características e semelhanças da produção, das propriedades rurais e do perfil dos produtores inseridos, analisando paralelamente os elementos que compõem a relação campo x cidade por meio da agroindústria. Com a realização do estágio, será possível, além de conhecer e investigar a realidade da produção integrada de carnes (aves e suínos), compreender e aumentar os subsídios para analisar o contexto brasileiro de produção amparado em uma visão externa, sem desconsiderar a realidade do Brasil. Da mesma forma, será valioso para o entendimento das metodologias utilizadas pelos pesquisadores americanos, o que contribuirá para o prosseguimento da pesquisa de doutorado no Brasil.