Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do aumento da temperatura e suspensão hídrica no desenvolvimento do androgametófito e na produção de sementes de Nidularium minutum Mez. (Bromeliaceae)

Processo: 19/19611-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Catarina Carvalho Nievola
Beneficiário:Guilherme Rodrigues Vasconcelos
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50341-0 - Desafios para conservação da biodiversidade frente às mudanças climáticas, poluição e uso e ocupação do solo (PDIP), AP.PDIP
Assunto(s):Mudança climática   Escassez de água   Desenvolvimento vegetal   Germinação de sementes   Bromelia   Nidularium

Resumo

Medidas de parâmetros climáticos realizadas nas últimas décadas em remanescentes florestais que compõem a Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo (RBCV-SP) indicam a ocorrência de elevação de temperaturas e de maiores períodos de seca, havendo a necessidade de estudos sobre o impacto que esses agentes estressores vêm causando nas plantas nativas dessa região. Tem sido demonstrado a influência dessas alterações sobre o crescimento e metabolismo de algumas espécies de Bromeliaceae, que são consideradas indicadoras de alterações ambientais, dentre elas, Nidularium minutum, espécie nativa da Mata Atlântica de Paranapiacaba (SP), área incluída na RBCV-SP. No entanto, estudos que relacionam os efeitos da temperatura e seca sobre a viabilidade polínica e de sementes em bromélias são inexistentes. Considerando que o estabelecimento e/ou a manutenção de populações de espécies nativas depende da germinação das sementes, cuja produção está associada à polinização bem-sucedida, com grãos de pólen viáveis, pretende-se neste projeto caracterizar o desenvolvimento do gametófíto masculino e as possíveis alterações nos padrões de distribuição dos componentes celulares devido às alterações de temperatura e falta de água em plantas de N. minutum, as quais também serão avaliadas quanto à capacidade germinativa de suas sementes. Para tanto, cerca de 100 indivíduos adultos mantidos em casa de vegetação do Instituto de Botânica de São Paulo que foram induzidos à floração, serão transferidos para duas câmaras de crescimento, sendo uma ajustada para as condições de maior temperatura, e outra regulada para condições térmicas atuais. Parte das plantas dos dois lotes não receberão rega e serão comparadas a outras irrigadas. A observação celular estrutural abrangerá métodos citoquímicos e imunocitoquímicos que utilizam microscopia fotônica e confocal laser espectral. Após a polinização manual, será avaliada a emergência das plântulas a partir das sementes dos indivíduos mantidos nas condições simuladas.