Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de um possível mecanismo de regulação pós- traducional na função da proteína adaptadora Dpb11 durante a resposta ao dano de DNA em Saccharomyces cerevisiae

Processo: 19/19155-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:José Renato Rosa Cussiol
Beneficiário:Marina Rodrigues Pires
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/05417-0 - Vias de sinalização de dano no DNA: mecanismos de regulação e integração com o metabolismo celular, AP.JP
Assunto(s):Reparo do DNA   Fosforilação   Transdução de sinais   Amplificação do DNA   Replicação do DNA

Resumo

A proteína Dpb11 (TopBP1 em humanos) é uma proteína essencial para a viabilidade celular atuando em processos celulares como replicação, sinalização/reparo e recombinação do DNA. Como parte da resposta ao dano de DNA, Dpb11 exerce um papel regulatório central na via de checkpoint de dano ao DNA através da interação de seus domínios BRCT (BRCA1 C-terminal domain) com diferentes proteínas fosforiladas, estabelecendo assim complexos proteicos transientes que são recrutados para regiões de dano no DNA. A sinalização de checkpoint é um sofisticado mecanismo de monitoramento celular capaz de reconhecer lesões no DNA e promover uma via de transdução e amplificação do sinal com o intuito de proteger a célula do acúmulo de instabilidade genômica. Resultados proteômicos mostraram que a quinase de checkpoint Rad53 (CHK1/CHK2 em humanos) fosforila extensivamente Dpb11 durante o estresse de replicação induzido por MMS (metanossulfonato de metila), entretanto, nada se sabe sobre o efeito dessas fosforilações na função proteica de Dpb11 como, por exemplo, na sua interação com diferentes ligantes durante a resposta ao dano de DNA. Sendo assim, esse projeto de pesquisa tem como objetivo analisar o impacto da fosforilação de Rad53 na função proteica de Dpb11 durante o estresse de replicação.