Busca avançada
Ano de início
Entree

Sinalização a longa distância em plantas do gênero Eucalyptus: dinâmica do proteoma de seiva de plantas sob estímulo de alta concentração de CO2

Processo: 19/17331-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Tiago Santana Balbuena
Beneficiário:Felipe Alexsander Rodrigues da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15035-8 - Avaliação do desempenho de plantas de eucalipto cultivadas em atmosfera rica em dióxido de carbono: relações fonte-dreno reveladas por proteômica dirigida, AP.JP2
Assunto(s):Proteômica   Eucalipto   Dióxido de carbono

Resumo

A concentração de CO2 atmosférico está aumentando a cada ano. Este cenário promove drásticas mudanças no metabolismo de algumas espécies vegetais. Entender como as proteínas e peptídeos atuam como sinalizadores a longa distância em organismos vegetais pode auxiliar em estratégias de Engenharia Genética que procuram aumentar o rendimento de plantas. O objetivo da presente proposta é identificar proteínas e peptídeos que atuam como sinalizadores na seiva de plantas do gênero Eucalyptus quando submetidas à alta concentrações de CO2. Para tanto, as plantas serão cultivadas em diferentes níveis de CO2 atmosférico e o proteoma de seiva das plantas será estudado. Controles de qualidade e marcadores de enriquecimento serão utilizados antes das inferências biológicas. A técnica de proteômica de descoberta será utilizada de modo a identificar o proteoma e as mudanças nesse proteoma impostas pelo estímulo de CO2. Adicionalmente, a concentração de sacarose na seiva da planta será estimada e usada como referência para os níveis de atividade fotossintética e assimilação de carbono. (AU)