Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da atividade antivirulência in vivo da nanoemulsão de LED209 microencapsulada

Processo: 19/20637-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Vânia Santos Braz
Beneficiário:Ana Beatriz Delforno
Empresa:Biosmart Nanotechnology Ltda. - ME
CNAE: Atividades de apoio à pecuária
Vinculado ao auxílio:18/22412-2 - Estratégias tecnológicas para administração de um composto antivirulência no combate à salmonelose em animais de criação, AP.PIPE
Assunto(s):Farmacorresistência bacteriana   Virulência   Salmonella   Composição de medicamentos   Nanoemulsão   Toxicidade   In vivo

Resumo

A exportação de carne de frango e carne suína no Brasil ganha cada vez mais destaque, o que nos coloca em um mercado internacional competitivo e importante para a economia brasileira. O aumento vertiginoso da resistência bacteriana, tanto em isolados clínicos como em isolados ambientais, vem se destacando e advertindo para um proferido início da era pós-antibiótica. Uma abordagem que vem se destacando é a utilização de compostos antivirulência que desarmam os patógenos bacterianos interrompendo a progressão para a doença, como o LED209, caracterizado com potencial capacidade antivirulência, sendo capaz de inibir a cascata de sinalização QseC, uma histidina quinase encontrada em muitas bactérias patogênicas, como Salmonella. QseC é um sensor de auto-indutor-3, produzido por bactérias, e dos adrenérgicos epinefrina/norepinefrina, produzidas pelo hospedeiro, sendo responsável por iniciar uma cascata de regulação de vários genes de virulência. O objetivo deste projeto é viabilizar o uso da nanoemulsão de LED209 microencapsulada como um agente preventivo às infecções em animais de criação causadas por bactérias patogênicas, principalmente Salmonella. Algumas espécies de Salmonella são zoonótica inespecíficas, podem ser veiculadas através de alimentos, e também estão envolvidas em distúrbios entéricos em suínos e aves. LED209 apresenta atividade antivirulência, pois desarma patógenos bacterianos interrompendo a progressão para a doença, visto em Salmonella. Para tanto, pretendemos: (1) avaliar a toxicidade da nanoemulsão microencapsulada com e sem LED209; (2) avaliar a eficácia a atividade antivirulência da nanoemulsão da LED209 microencapsulada em camundongos desafiados com Salmonella.