Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da profundidade de penetração de infiltrante resinoso frente a três protocolos de validação de lesão cariosa artificial

Processo: 19/13621-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Giselle Maria Marchi Baron
Beneficiário:Gabriela Alves de Cerqueira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Dentística   Desmineralização do dente   Remineralização dentária   Cárie dentária   Resinas compostas

Resumo

O objetivo deste estudo será validar o protocolo de indução de lesão cariosa artificial, tendo como fator variável o tempo de des-remineralização (DES-RE), para padronização metodológica de demais estudos com infiltrantes resinosos, avaliar a profundidade de penetração de um infiltrante resinoso experimental quando comparado ao infiltrante comercial Icon® e, ainda, analisar a microdureza e rugosidade superficial do material após estabelecimento do melhor protocolo de lesão cariosa. Para que seja testada a penetração em profundidade dos infiltrantes experimental (75% de TEGDMA, 25% de BisEMA, 0,5% de canforoquinona (CQ) E 1% de EDAB) e comercial (Icon®) serão realizados, inicialmente, três protocolos de des-remineralização contendo mesmas substâncias (2,2mMol/L CaCl2 + 2,2mMol/L NaH2PO4 + 50mMol/Lácido acético ajustado com NaOH em pH 5,0 e, 1,5mMol/L Ca + 0,9mMol/L P + 0,05ppm F + 0,1Mol solução tampão, pH 7,0), em três tempos diferentes: 7, 14 e 28 dias, simulando assim o ambiente bucal. Posteriormente à validação dos protocolos e à avaliação da profundidade de penetração, corpos de prova infiltrados com material resinoso serão submetidos ao melhor protocolo de lesão cariosa artificial e, em seguida, será analisada a microdureza e rugosidade superficial do material resinoso. As propriedades analisadas serão: desmineralização do esmalte após desafio des-remineralizador através da microradiografia (TMR) e microscopia óptica por luz polarizada (MLP), profundidade de penetração dos infiltrantes através da microscopia confocal de varredura a laser (MCVL) e, microdureza superficial Knoop (KHN) e rugosidade superficial após o desafio DES-RE do melhor protocolo de lesão cariosa artificial. A análise estatística será realizada com base na ANOVA a 2 critérios e teste de Tukey com significância de 5%, para cada teste quantitativo separadamente. (AU)