Busca avançada
Ano de início
Entree

Entre a crítica e a forma: reflexões sobre as obras de Giorgio Morandi no acervo MAC-USP

Processo: 19/00930-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Ana Gonçalves Magalhães
Beneficiário:Victor Tuon Murari
Instituição-sede: Museu de Arte Contemporânea (MAC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/07366-1 - Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento, AP.TEM
Assunto(s):Arte italiana   Crítica de arte   Análise crítica do discurso

Resumo

Com o projeto de pesquisa a seguir propomos analisar os discursos críticos de Mário Pedrosa (1990-1981) e Sérgio Milliet (1898-1966) sob a perspectiva da circulação de Giorgio Morandi (1890-1964) no cenário artístico brasileiro. Entendemos que Mário Pedrosa e Sérgio Milliet foram figuras centrais na formação das coleções de arte dos principais centros culturais brasileiros. Os dois intelectuais tiveram atuações decisivas nas sugestões para aquisições de obras; na intermediação entre instituições, artistas e galerias; e até mesmo na formação de um público interessado em lidar com as questões propostas pela arte moderna. Consideramos parte constituinte deste processo a relação dos críticos acima citados com o acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC - USP). Em vista disso, pretendemos colaborar com as pesquisas já realizadas no museu e, principalmente, no que se refere ao núcleo de obras italianas em estudo no quadro do projeto temático Coletar, Identificar, Processar, Difundir. O Ciclo Curatorial e a Produção de Conhecimento, sob responsabilidade da Profa. Dra. Ana Gonçalves Magalhães. (AU)