Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de Inventário manuais e semi-automáticos de escorregamentos rasos e sua adequabilidade para utilização em modelos preditivos

Processo: 19/17261-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Grohmann de Carvalho
Beneficiário:Helen Cristina Dias
Instituição-sede: Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Inventário   Escorregamento dos solos   Vale do Ribeira (SP)

Resumo

Os escorregamentos rasos são processos frequentes em território brasileiro. A criação de inventários desses processos é importante para o estudo dos condicionantes que favorecem a ocorrência dos escorregamentos rasos, de maneira que são úteis para mapeamentos de suscetibilidade, vulnerabilidade e risco a movimentos de massa, além de auxiliar o planejamento urbano. Assim, objetivo geral desta pesquisa é demonstrar como a construção de inventários de escorregamentos rasos a partir de métodos e base de dados distintos, podem influenciar em sua acurácia e adequabilidade em mapeamentos com capacidade preditiva. Para alcançar tal objetivo, os seguintes procedimentos foram traçados: (1) mapeamento manual dos escorregamentos rasos realizados com duas bases de dados distintas, imagens do Google Earth Pro e Rapid Eye (5 m); (2) mapeamento semi-automático de escorregamentos rasos pelo método OBIA com imagens Rapid Eye (5 m); (3) comparação dos inventários manuais e semi-automático e, por fim; (4) definição da suscetibilidade a escorregamentos rasos através de análise estatística por meio do valor informativo de uma bacia hidrográfica. O principal produto deste projeto será a definição da adequabilidade de inventários de escorregamentos rasos construídos sob diferentes metodologias e base de dados, de maneira que será possível inferir qual metodologia se mostra mais eficiente para o mapeamento de eventos pretéritos de escorregamentos rasos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)