Busca avançada
Ano de início
Entree

Agronegócio globalizado e região de planejamento: uma análise do uso do terriório pela sojicultura no Matopiba

Processo: 19/20234-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Ricardo Abid Castillo
Beneficiário:Matheus Dezidério Busca
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Geografia econômica   Agronegócio   Produção agrícola   MATOPIBA

Resumo

A partir da segunda metade da década de 1980, o grande agronegócio no Brasil ascende a um novo momento no que diz respeito à regulação da produção, paralelamente à incorporação de novas áreas e de novas técnicas de produção agrícola. O aumento da demanda por commodities agrícolas, por parte dos mercados globalizados, impulsiona cada vez mais a produção, estimulando, assim, o cultivo em novas áreas. Devido ao aprofundamento da divisão territorial do trabalho - tendo em vista a especialização produtiva de determinadas porções do território nacional, especialmente nos cerrados do Centro-Norte - as regiões voltadas à produção agroindustrial de commodities - as RPAs (regiões produtivas do agronegócio) se consolidam. Nesse contexto, surge o MATOPIBA como uma região de planejamento, cujo principal interesse é regular os territórios constituintes, a partir de uma associação entre Estado e capital privado, a fim de estimular a expansão do agronegócio globalizado. Com base nesta situação, esta pesquisa busca compreender como se deram as alterações no uso agropecuário do território a partir do avanço da sojicultura no MATOPIBA.