Busca avançada
Ano de início
Entree

Diretrizes bioclimáticas para projetos de arquitetura em Presidente Prudente/SP

Processo: 19/15975-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Carolina Lotufo Bueno Bartholomei
Beneficiário:Flávio Dantas de Oliveira Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Arquitetura bioclimática   Arquitetura sustentável   Conforto térmico   Conforto ambiental   Conforto luminoso   Consumo de energia elétrica   Presidente Prudente (SP)

Resumo

A arquitetura está constantemente sendo influenciada pelo seu entorno, seja pelas questões climáticas, seja pelo contexto histórico, social e geográfico do meio urbano no qual o edifício se encontra, sendo pertinentes as questões envolvendo o conforto ambiental e a eficiência energética. Com relação ao setor residencial, 30% de toda a energia elétrica utilizada se dá por eletrodomésticos ligados ao conforto ambiental, tornando a relação entre arquitetura e conforto um fator determinante para o consumo de energia. Dessa maneira, a arquitetura bioclimática possibilita reconciliar clima, forma, matéria e energia para desenvolver soluções arquitetônicas com o objetivo de reduzir os danos ambientais. Com isso, a presente pesquisa objetiva propor diretrizes bioclimáticas a fim de melhorar o conforto ambiental nos espaços residenciais de Presidente Prudente, aproveitando de maneira mais efetiva as características climáticas e buscando uma redução do consumo de energia elétrica. Para a execução do estudo, será feita uma subdivisão das áreas residenciais em regiões morfológicas, análises das diferentes tipologias residenciais e medições relativas ao conforto térmico e luminoso no espaço construído com a finalidade de propor diretrizes com base nos fatores dinâmicos, nos critérios da zona bioclimática 6 e nas recomendações da Planilha de Mahoney.