Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso da terapia fotodinâmica para tratamento da esporotricose usando curcumina como fotossensibilizador

Processo: 19/23701-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Vanderlei Salvador Bagnato
Beneficiário:Amanda Regina Rocha
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07276-1 - CEPOF - Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Doenças transmissíveis   Esporotricose   Curcumina   Terapia fotodinâmica   Fármacos fotossensibilizantes   Técnicas in vitro

Resumo

A esporotricose é uma micose zoonótica causada pelo fungo do complexo Sporothrix que habita o solo e superfície de vegetais. Ele é inoculado nos hospedeiros a partir de feridas na pele e o gato doméstico é o principal animal envolvido na transmissão da doença. Atualmente, seu tratamento é de longa duração e os fármacos disponíveis oferecem riscos de intoxicação e muitos efeitos colaterais aos pacientes e, por muitas vezes serem usados de maneira indiscriminada, muitos isolados fúngicos resistentes vêm surgindo. A fim de contornar esses problemas, é necessário o desenvolvimento de alternativas rápidas e eficazes na eliminação do microrganismo causador da esporotricose. A terapia fotodinâmica (TFD) é uma modalidade terapêutica que utiliza a ação do oxigênio molecular, um fotossensibilizador e luz em comprimento de onda específico produzindo efeitos citotóxicos que podem inativar microrganismos. O objetivo deste estudo é avaliar a possibilidade de inativação do Sporothrix schenckii e do Sporothrix brasiliensis em testes in vitro com TFD usando curcumina como fotossensibilizador e tecnologia nacional. Após determinação da curva de crescimento para 106 a 107 UFC/mL de Sporothrix spp., será realizado o tratamento com TFD utilizando curcumina e a Biotable como fonte de luz emitindo em 450 nm e 35 mW/cm² de irradiância. Para avaliação dos resultados e determinação do melhor protocolo para o tratamento, as colônias em placas serão contadas para cálculo de UFC/mL e analisadas com microscopia confocal. Em seguida, os resultados obtidos serão comparados aos resultados realizados com a Candida albicans.