Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos mecanismos de corrosão e do efeito da soldagem por fricção e mistura (FSW) na resistência à corrosão em ligas leves (Al e Mg) para uso na indústria aeronáutica

Processo: 19/02182-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Isolda Costa
Beneficiário:Maurilio Pereira Gomes
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Corrosão   Resistência à corrosão   Soldagem por fricção   Ligas leves   Alumínio   Magnésio   Aeronáutica   Método eletroquímico   Microscopia eletroquímica de varredura   Espectroscopia de impedância eletroquímica

Resumo

A soldagem por fricção e mistura (FSW) é um processo que tem se demonstrado bastante eficiente quando o intuito é unir ligas de alumínio de alta resistência, principalmente por evitar a formação defeitos de soldas originários de técnicas convencionais de soldagem. O interesse naquele processo de soldagem teve um aumento significativo nos últimos anos por parte das indústrias de um modo geral, mas principalmente pela indústria aeroespacial. Isto é justificado pelo fato da soldagem das ligas de alumínio pela técnica FSW permitir (i) a redução do peso das aeronaves por meio da substituição dos rebites e (ii) a utilização de diferentes ligas de alumínio que possuem baixa densidade específica e alta resistência mecânica. Porém, mesmo a FSW possibilitando a junção de parte metálicas sem a sua efetiva fusão - solda no estado semissólido - que teoricamente resulta na obtenção de um cordão de solda isento de defeitos, o calor resultante do atrito da ferramenta com o material a ser soldado provoca mudanças microestruturais ao longo do cordão de solda. Isto, por sua vez, ocasiona variações nas propriedades mecânicas e de resistência à corrosão da região soldada. Assim, o objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar a influência do processo de FSW na formação das diferentes zonas geradas ao longo da região de solda, inclusive as diferentes interações entre estas regiões por métodos eletroquímicos, com enfoque em técnicas eletroquímicas localizadas. Para alcançar tais objetivos, serão utilizadas as técnicas de microscopia eletroquímica de varredura (SECM), espectroscopia de impedância eletroquímica local (LEIS), varredura pelo eletrodo vibrante (SVET) e microcélula. (AU)