Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da resposta de anticorpos policlonais no contexto de infecção e imunização por Influenza A vírus

Processo: 19/20772-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Rafael Elias Marques Pereira Silva
Beneficiário:Rebeca de Paiva Froes Rocha
Supervisor no Exterior: Andrew Barrett Ward
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: Scripps Research Institute, San Diego, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/02594-9 - Estabelecimento de um modelo de infecção por usutu virus em camundongos: estudo da doença e teste de um composto neuroprotetor, BP.DR
Assunto(s):Virologia   Vacinas   Influenza   Anticorpos   Resposta imune   Vírus da influenza A

Resumo

A resposta imune adaptativa evoluiu para reconhecer, eliminar e memorizar patógenos. No entanto, os vírus influenza A (IAV) co-evoluiram para driblar o reconhecimento imune adaptativo. Apesar dos esforços em estudar os contextos de doença e imunização, a forma na qual a resposta imune atua contra o IAV e como este vírus escapa do reconhecimento de anticorpos (Ab) ainda não são inteiramente compreendidas. Este conhecimento é imprescindível para a determinação dos melhores alvos para a produção de anticorpos contra IAV e é base necessária para o desenvolvimento de uma vacina universal contra IAV. É um grande desafio obter um entendimento abrangente da resposta imune policlonal à vacinação e infecção por IAV, além de elucidar a dinâmica de respostas específicas a estirpes distintas ou mesmo mecanismos de proteção cruzada. Os recentes avanços tecnológicos possibilitaram uma ideia mais extensa do papel da imunidade humoral contra a infecção por IAV. Apesar disso, as técnicas atuais ainda não são capazes de discernir toda a complexidade das respostas policlonais do Ab (pAb). Uma nova estratégia de imagem para mapeamento de epítopo policlonal, a single particle electron microscopy, foi estabelecida pelo Ward Lab e parece ser capaz de distinguir detalhadamente amostras heterogêneas, pois apresenta sensibilidade necessária para caracterizar a resposta do pAb à vacinação e infecção por IAV. O principal objetivo do trabalho será entender como a imunidade preexistente a um ou mais epítopos virais afetariam as respostas de novo e explorar possíveis reações cruzadas dentro de um indivíduo. A fim de decifrar como ocorre a resposta imune policlonal, propomos mapear a dinâmica da resposta do pAb ao IAV em amostras de soro humano de indivíduos infectados ou vacinados. Esses dados permitirão o desenho racional de imunógenos para obtenção de anticorpos com respostas mais eficientes, que poderão ser testados em modelos animais e, eventualmente, aplicados em seres humanos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONTOURA, MARINA ALVES; ROCHA, REBECA FROES; MARQUES, RAFAEL ELIAS. Neutrophil Recruitment and Participation in Severe Diseases Caused by Flavivirus Infection. LIFE-BASEL, v. 11, n. 7 JUL 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.