Busca avançada
Ano de início
Entree

Recuperação de genomas a partir de dados metagenômicos e análise funcional do microbioma do solo de Whalers BAY - amostras antárticas

Processo: 19/22891-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 02 de março de 2020
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Valeria Maia Merzel
Beneficiário:Victor Borin Centurion Biruel
Supervisor no Exterior: Stefano Campanaro
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Padova, Itália  
Vinculado à bolsa:17/03172-8 - Mecanismos de adaptação ao estresse em microbioma de sedimentos da Ilha Vulcânica Deception na Antártica marítima, BP.DD
Assunto(s):Metagenômica

Resumo

Estudos de isolamento, metagenômica e metataxonomia realizados pela equipe de pesquisa da Divisão de Recursos Microbianos, CPQBA, Unicamp, mostraram que os grupos bacterianos mais abundantes com potencial biotecnológico das Ilhas Shetlands do Sul, na Antártica Marítima, são membros dos gêneros Arthrobacter, Chryseobacterium/Flavobacterium, Polaromonas e Psychrobacter. Com base nessas informações, o presente estudo tem como objetivo desenvolver e aprimorar o conhecimento em análises de dados da microbiota de Whalers Bay, Ilha Deception - Antártica Maritima, através do uso de diferentes ferramentas de bioinformática, como por exemplo Binning e Metatranscriptômica. O projeto tem três objetivos principais: (i) recuperação de genomas montados com dados de metagenoma (MAGs) a partir de sequenciamento shotgun de amostras de sedimentos de Whalers Bay, Ilha Deception - Antártica Maritim, coletadas durante as expedições em três verões diferentes; (ii) mapeamento dos reads de metatranscriptômicas para as MAGs mais relevantes para descobrir as principais vias metabólicas e operons; e (iii) relacionar os resultados obtidos de amostras biológicas com os dados físico-químicos correspondentes. Para a realização dos dois primeiros objetivos, análises de bioinformáticas específicas serão realizadas usando os dados metagenômicos dos três anos e os dados de metatranscriptômica do verão de 2017. Com base nos resultados obtidos, esperamos descrever novos genomas e novos genes putativos e, conseqüentemente, moléculas, permitindo ampliar a compreensão dos estresses abióticos aos quais esses micro-organismos são expostos ao longo dos anos.