Busca avançada
Ano de início
Entree

Proust no Brasil: apropriações e transferências da estética proustiana nos romances de Jorge Andrade, Cyro dos Anjos e Pedro Nava

Processo: 19/21664-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de julho de 2020
Vigência (Término): 09 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Estrangeiras Modernas
Pesquisador responsável:Alexandre Bebiano de Almeida
Beneficiário:Fillipe Augusto Galeti Mauro
Supervisor no Exterior: Nathalie Mauriac Dyer
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : École Normale Supérieure, Paris (ENS), França  
Vinculado à bolsa:18/10413-4 - Paisagens do passado: ressonâncias proustianas nos romances memorialistas de Jorge Andrade, Cyro dos Anjos e Pedro Nava, BP.DR

Resumo

Esse projeto de pesquisa visa a estudar a presença de temas do romance de Marcel Proust, À la recherche du temps perdu, em três obras memorialistas brasileiras da década de 1970 : Labirinto, de Jorge Andrade, A Menina do Sobrado, de Cyro dos Anjos, e Baú de Ossos, de Pedro Nava. A partir de uma comparação entre a forma como Proust formula e descreve o tema da memória e a maneira como nossos três escritores brasileiros o incorporam as lembranças de seus narradores, tentaremos determinar as particularidades estilísticas dessas obras no ambiente da moderna literatura brasileira. Essa análise comparada se baseará na ampla bibliografia sobre as técnicas de escrita de Marcel Proust armazenadas em dois importantes arquivos franceses: o Centro de Documentação da Equipe Proust (ITEM-ENS/CNRS) e o Departamento de Manuscritos da Biblioteca Nacional da França. Graças ao acesso a esse volumoso material - por sinal, inacessível no Brasil -, reuniremos instrumentos mais eficazes para examinar as hipóteses de nosso projeto principal de pesquisa, cujo objetivo é o estudo da transferência do estilo proustiano moderna literatura memorialista brasileira.