Busca avançada
Ano de início
Entree

Obesidade canina e inflamação: estudo dos microRNAs envolvidos com a expressão de macrófagos no tecido adiposo

Processo: 18/26547-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Deise Carla Almeida Leite Dellova
Beneficiário:Paola Caroline da Silva Nunes
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/22887-0 - Exossomos e microvesículas contendo miRNAs modulam mudanças epigenéticas durante o cultivo in vitro de gametas e embriões em bovinos, AP.JP
Assunto(s):Clínica médica veterinária   Endocrinologia veterinária   Biópsia líquida   MicroRNAs   Cães

Resumo

Os cães obesos apresentam alterações sistêmicas e laboratoriais compatíveis com inflamação. A expansão do tecido adiposo branco parece ser o ponto chave para o processo inflamatório, em parte pelo infiltrado de um grande número de macrófagos. Os microRNAs (miRNAs), presentes no tecido adiposo e nas vesículas extracelulares (VEs) circulantes, parecem controlar este processo em seres humanos; porém, estudos semelhantes não foram feitos em cães. O objetivo deste projeto é avaliar no tecido adiposo subcutâneo de cadelas obesas, em comparação com cadelas magras, o infiltrado de macrófagos e a expressão dos miRNAs (miR-26b, miR-155 e miR-132) e seus respectivos genes alvo (MYCBP, SOCS1 e FOXO3), envolvidos com a modulação da invasão de macrófagos e inflamação, por meio do PCR em tempo real. O padrão (estrutura e diâmetro) das VEs circulantes, que transportam miRNAs e participam da comunicação celular, também será determinado em amostras de soro das cadelas, utilizando a técnica de ultracentrifugação e o equipamento NanoSightÒ. A expressão do miR-26b, miR-155 e miR-132 também será avaliada nas VEs por PCR em tempo real. Espera-se correlacionar a expressão dos miRNAs e dos genes alvo com o infiltrado de macrófagos no tecido adiposo e o processo inflamatório em cadelas obesas. (AU)