Busca avançada
Ano de início
Entree

Sinais ambientais registrados em sedimentos recentes de rios tropicais da América do Sul

Processo: 19/24977-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Geológica
Pesquisador responsável:Cristiano Mazur Chiessi
Beneficiário:Dailson José Bertassoli Junior
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15123-4 - Perspectivas pretéritas sobre limiares críticos do sistema climático: a Floresta Amazônica e a célula de revolvimento meridional do Atlântico (PPTEAM), AP.PFPMCG.JP2
Assunto(s):Paleoceanografia   Paleoclimatologia   Sedimentologia fluvial   Isótopos estáveis   Indicadores ambientais   Variações sazonais   Rio Amazonas   América do Sul

Resumo

Arquivos como testemunhos sedimentares marinhos registram as condições ambientais através de indicadores de maneira indireta. Logo, a reconstituição adequada de mudanças paleoambientais depende do entendimento da relação entre o sinal ambiental original e o indicador analisado. Assim, nós iremos (i) determinar como sinais ambientais são registrados em sedimentos fluviais modernos, e (ii) verificar possíveis mudanças sazonais em indicadores transportados por sedimentos fluviais dos principais tributários da bacia de drenagem do Rio Amazonas. Nosso foco será a determinação da fonte dos sedimentos detríticos, do volume de chuvas, e dos principais tipos de vegetação presentes na bacia. Para tal, nós iremos amostrar e analisar os seguintes indicadores em sedimentos fluviais modernos a partir de um conjunto cuidadosamente selecionado de estações fluviais na América do Sul tropical: (i) a composição dos isótopos de neodímio da fração detrítica (um indicador da fonte dos sedimentos detríticos); e (ii) a composição dos isótopos estáveis de hidrogênio e carbono de lipídios derivados de ceras de plantas (indicadores do volume de chuvas e dos principais tipos de vegetação, respectivamente). Deste modo, iremos contribuir para o entendimento aprofundado da maneira como sinais ambientais são registrados em sedimentos modernos e transportados por rios tropicais Sul-Americanos, aprimorando reconstituições paleoambientais da América do Sul tropical baseadas em testemunhos sedimentares marinhos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HAEGGI, C.; HOPMANS, E. C.; SCHEFUSS, E.; SAWAKUCHI, A. O.; SCHREUDER, L. T.; BERTASSOLI, D. J. JR JR; CHIESSI, C. M.; MULITZA, S.; SAWAKUCHI, H. O.; BAKER, P. A.; SCHOUTEN, S. Negligible Quantities of Particulate Low-Temperature Pyrogenic Carbon Reach the Atlantic Ocean via the Amazon River. GLOBAL BIOGEOCHEMICAL CYCLES, v. 35, n. 9 SEP 2021. Citações Web of Science: 0.
BERTASSOLI, JR., DAILSON J.; SAWAKUCHI, HENRIQUE O.; DE ARAUJO, KLEITON R.; DE CAMARGO, MARCELO G. P.; ALEM, VICTOR A. T.; PEREIRA, TATIANA S.; KRUSCHE, V, ALEX; BASTVIKEN, DAVID; RICHEY, JEFFREY E.; SAWAKUCHI, ANDRE O. How green can Amazon hydropower be? Net carbon emission from the largest hydropower plant in Amazonia. SCIENCE ADVANCES, v. 7, n. 26 JUN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.