Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia do Pelargonium sidoides, associado ou não a luz, sobre a capacidade de adesão e de erradicação de biofilme de Streptococcus mutans

Processo: 17/25943-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Lívia Nordi Dovigo
Beneficiário:Paula Ferreira de Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia aplicada   Biofilmes   Placa bacteriana   Streptococcus mutans   Fotoquimioterapia   Estudos experimentais   Análise de variância

Resumo

A desmineralização dos tecidos duros dentários é resultado do metabolismo de bactérias, que produzem ácidos orgânicos. Entre as mais variadas espécies bacterianas, destaca-se o Streptococcus mutans, principal agente etiológico da cárie. Uma alternativa para combater o acúmulo de microrganismos é a Inativação Fotodinâmica (PDI). Estudos mostraram que o extrato do Pelargonium sidoides contém efeitos antibacterianos e antivirais, por levar na sua composição ácidos gálicos e outros compostos fenólicos, além da atividade imunomoduladora, causada pela junção de compostos fenólicos e numerosas cumarinas. Não é de nosso conhecimento que algum estudo já tenha avaliado a ação do P. sidoides contra bactérias cariogênicas, assim como seu potencial fotodinâmico. O possível efeito anti-adesivo e anti-biofilme poderia auxiliar no controle dos biofilmes dentários onde a adesão bacteriana possui papel fundamental. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito da solução oral contendo P. sidoides, associada ou não com luz (PDI), sobre amostras de S. mutans. Trata-se de estudo experimental laboratorial. A cepa de referência da espécie S. mutans (UA159 ATCC 700610) será utilizada. Os testes de capacidade de adesão em superfície abiótica, concentração inibitória mínima de biofilme (CIMB) e concentração mínima para erradicação de biofilme (CMEB) serão realizados. Todos os testes serão realizados com e sem iluminação (PDI), para se avaliar também o possível efeito fotodinâmico. Previamente a coleta dos dados será realizada por estudo de calibração e piloto para determinação de tamanho amostral. As medidas de cada variável dependente serão analisadas por meio de estatística descritiva, segundo o grupo. Em seguida, Análise de Variância a dois fatores será empregada, se atendidos os pressupostos de normalidade e homocedasticidade. Nesse caso, também serão calculados os Intervalos de Confiança (95%) para as médias, considerando a distribuição t de Student. O nível de significância a ser adotado para tomada de decisão será de 5%.