Busca avançada
Ano de início
Entree

Protocolo de verificação eletroacústica de microfones remotos para estudantes com deficiência auditiva

Processo: 19/23162-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 26 de maio de 2020
Vigência (Término): 25 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Regina Tangerino de Souza Jacob
Beneficiário:Regina Tangerino de Souza Jacob
Anfitrião: Linda M Thibodeau
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Texas at Dallas (UT Dallas), Estados Unidos  
Assunto(s):Deficiência auditiva   Audiologia

Resumo

É importante a verificação do funcionamento do Sistema de Frequência Modulada (FM) antes de adaptá-lo no indivíduo com deficiência auditiva (DA). Essa avaliação é definida como medida da Transparência, onde o mesmo sinal de entrada para os microfones do aparelho de amplificação sonora individual (AASI - local) e Sistema FM (remoto) deve produzir saída similar. Caso não ocorra a transparência, o microfone local pode não captar adequadamente a voz do próprio aluno e de seus colegas, prejudicando o seu feedback acústico-articulatório, interação e inclusão em sala de aula. Da mesma forma, o microfone remoto pode não apresentar a vantagem no ganho necessária para enfatizar a voz do professor. Esse estudo propõe investigar a influência do ganho FM - padrão de fábrica (default) na transparência de Sistemas FM acoplados a AASI de diferentes marcas e modelos. Trata-se de estudo observacional retrospectivo realizado a partir de um banco de dados de projetos integrados aprovados pelo Comitê de Ética da Faculdade de Odontologia de Bauru e do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, campus Bauru e do Hearing Health Lab, da University of Texas at Dallas, EUA.