Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do papel da miosina Va no transporte citoplasma-núcleo da quinase de adesão focal (FAK) por técnicas avançadas de microscopia

Processo: 19/15699-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Aline Mara dos Santos
Beneficiário:Isabela Aparecida Moretto
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Proteínas quinases   Proteína-tirosina quinases de adesão focal   Miosinas   Microscopia

Resumo

A quinase de adesão focal (FAK) é uma tirosina quinase do tipo não receptor crucial para a regulação de funções celulares distintas, como migração e proliferação celular. Além de seus papéis canônicos na sinalização citoplasmática mediada por integrinas e receptores de fatores de crescimento, estudos recentes vêm revelando novos mecanismos moleculares regulados por FAK no núcleo. No compartimento nuclear FAK pode interagir com fatores de transcrição e regular processos como sobrevivência, inflamação, diferenciação e crescimento celular. No entanto, ainda não está claro como ocorre o transporte citoplasma-núcleo desta quinase. Resultados recentes (artigo em preparação) demonstraram que FAK interage fisicamente com a miosina Va in vitro e que essas proteínas estão co-localizadas nas adesões focais e núcleo de fibroblastos em cultura, no entanto, não está claro se a miosina Va transporta FAK pelos filamentos de actina para o compartimento nuclear. Nesse projeto serão realizados experimentos baseados em fotônica com o intuito de demonstrar que FAK é transportada pela miosina Va para o núcleo. Também serão realizados experimentos funcionais que visam esclarecer a importância da miosina Va para a localização nuclear dessa quinase. Os achados desse projeto poderão contribuir para a demonstração do mecanismo de transporte nuclear da quinase de adesão focal, região subcelular de onde essa quinse regula processos envolvidos na homeostase celular e também na patogênese de doenças como câncer, fibrose pulmonar, hipertrofia e insuficiência cardíacas.