Busca avançada
Ano de início
Entree

Redescobrindo Prof. Ernst Marcus: uso da morfologia integrativa na redescrição das espécies do gênero Aeolosoma (Polychaeta, Aeolosomatidae, incertae sedis) a partir de material original encontrado no Museu de Zoologia da USP

Processo: 19/14802-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:André Rinaldo Senna Garraffoni
Beneficiário:Nathan Drumov Gonçalves Simioni
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia animal   Annelida   Polychaeta   Água doce   Microscopia de interferência   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

Dentre as 17 mil espécies de Annelida, os Polychaeta são os que apresentam maior diversidade, sendo que a maioria destes ocorrem em água salgada e apenas 2% habitam ambientes dulcícolas ou terrestres. Entre os táxons dessa minoria, Aeolosomatidae é um dos mais diversos e pode ser encontrado em praticamente todos os continentes. Esse grupo foi originalmente descrito como pertencente aos Oligochaeta e recentemente reclassificado dentro dos Polychaeta, porém como um táxon incertae sedis. Tal incerteza pode ser devido à maioria das descrições serem antigas, sucintas e nem sempre possuírem material tipo depositado. Na década de 40, Prof. Ernst Marcus foi pioneiro a estudar os Aeolosomatidae, principalmente a partir de coletas no estado de São Paulo. Sua pesquisa rendeu a descrição de quatro novas espécies, todas ainda válidas, além de registrar outras seis originalmente descritas para a Ásia e Europa. O desafio de explorar a diversidade requer um conhecimento básico amplo e informações detalhadas sobre as variações morfológicas dos espécimes. Para que se faça satisfatoriamente, é possível utilizar tecnologias atuais para o estudo integrado de morfologia externa e interna, como forma de complementar o que já conhecemos. Com o objetivo de contribuir no estudo da diversidade dos poliquetas dulcícolas, pretende-se redescrever o material original utilizado pelo Prof. Ernst Marcus na descrição das espécies Aeolosoma evelinae, Aeolosoma gertae e Aeolosoma sawayai, encontrado no Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (MZUSP). Para tal utilizaremos a microscopia de contraste de interferência diferencial e a microscopia eletrônica de varredura. Também faremos a reconstrução 3D dos animais utilizando os cortes seriados contidos nas lâminas.