Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento e síntese de análogos híbridos de belinostate e sorafenibe

Processo: 19/14242-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Roberto Parise Filho
Beneficiário:Thainá Fujii de Divitiis
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Química farmacêutica   Neoplasias   Desenvolvimento de fármacos   Hibridização in situ   Histona desacetilases   Inibidores   Sorafenibe   Síntese química

Resumo

O câncer é um grupo de doenças que envolvem crescimento celular anormal, com o potencial de invadir ou se espalhar para outras partes do corpo. Estudos mostram que superexpressão de tirosina quinases (TQ) e fatores epigenéticos alterados são características do câncer, sendo a desacetilação das histonas um dos principais mecanismos. Logo, inibidores de TQ e de enzima desacetilase (HDAC), que reestabeleçam a homeostase intracelular, possuem grande interesse na terapêutica. Nesse contexto, se enquadra a terapia alvo-específica, que se refere ao uso de fármacos que são projetados para interagir com um alvo molecular específico, o que tende a diminuir a citotoxicidade do tratamento, quando comparada com os tratamentos atuais. Esse projeto, então, por meio da hibridação molecular, propõem o planejamento e a síntese de novas moléculas, baseadas no arcabouço estrutural dos fármacos sorafenibe (TQi) e belinostate (HDACi), as quais serão submetidas a ensaio de citotoxicidade, a fim de obter entidades químicas com potencial ação dual para o tratamento do câncer.