Busca avançada
Ano de início
Entree

Funcionalização de nanotubos de carbono de paredes múltiplas usando plasma PECVD para tratamento de câncer

Processo: 19/19285-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Elaine Conceicao de Oliveira
Beneficiário:Beatriz Oliveira de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia de Sorocaba (FATEC Sorocaba). Centro Paula Souza (CEETEPS). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotecnologia   Tratamento do câncer   Nanotubos de carbono   Funcionalização   Deposição química em fase de vapor assistida por plasma (PECVD)

Resumo

Diferentes técnicas de dispersão e de funcionalização já foram empregadas com o objetivo de diminuir os agregados formados pelos nanotubos de carbono (NTCs) quando estão em contato com a água. Existem métodos de funcionalização química e física, que visa modificar a camada superficial dos NTCs possibilitando a ligação de outras moléculas ou substâncias. O uso de ultrassom e ácidos fortes pode causar danos a estrutura do NTC transformando-o em carbono amorfo. No entanto, a utilização do plasma a frio PECVD pode ser uma boa alternativa, pois deposita um filme fino na camada superficial dos nanotubos sem causar danos a sua estrutura. Este fato torna a funcionalização o primeiro passo para tornar este material ideal para uso na área médica, pois esta pré-funcionalização permitirá a ligação de outras moléculas aos NTCs, como os agentes antineoplásicos. (AU)