Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção e caracterização molecular de Cytauxzoon spp. em felinos domésticos nos estados de Minas Gerais e São Paulo

Processo: 19/19027-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Marcos Rogério André
Beneficiário:Paulo Vitor Cadina Arantes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia veterinária   Doenças transmitidas por carrapatos   Diversidade genética   Filogenia   Gatos

Resumo

A cytauxzoonose felina é uma infecção que acomete felinos selvagens e domésticos, e é causada por piroplasmídeos do gênero Cytauxzoon spp. Embora estudos venham sendo realizados em diversas regiões do mundo, ainda pouco se sabe sobre a ocorrência, diversidade genética, ciclo evolutivo e vetores de piroplasmídeos em gatos domésticos no Brasil. Tal fato se deve principalmente à ocorrência de manifestações clínicas inespecíficas em felinos domésticos acometidos pela cytauxzoonose. Além disso, estudos acerca da cytauxzoonose felina são escassos no Brasil, sendo esta uma enfermidade facilmente confundida com babesiose e teileriose. O presente estudo tem como objetivo investigar a presença e caracterizar o DNA de Cytauxzoon spp. em amostras de sangue de felinos domésticos amostrados nos municípios de Araguari e Uberlândia, no estado de Minas Gerais, e no município de Jaboticabal, no estado de São Paulo. Entre agosto a setembro de 2018 foram colhidas amostras de sangue de 306 felinos domésticos (88 em Uberlândia, 67 em Araguari e 151 em Jaboticabal). As amostras de sangue serão submetidas à extração de DNA e triagem por meio da PCR convencional para Cytauxzoon spp. baseadas no gene 18S rRNA. As amostras positivas serão submetidas a ensaios de PCR convencional baseadas nas regiões intergênicas ITS-1 e ITS-2, purificadas e sequenciadas pelo método de Sanger. As sequências obtidas serão submetidas à inferências filogenéticas para posicionamento das mesmas dentro de um parentesco evolutivo com espécies de piroplasmídeos detectadas no Brasil e outras partes do mundo. O presente trabalho contribuirá para o entendimento da diversidade genética e epidemiologia de Cytauxzoon spp. circulantes em felinos no Brasil.