Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos dos compostos isolados da planta Baccharis dracunculifolia, em modelo de air pouch, sobre a produção de mediadores inflamatórios

Processo: 19/21938-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Karina Furlani Zoccal
Beneficiário:Juliana Cogo Ferreira
Instituição-sede: Pró Reitoria de Graduação. Centro Universitário Barão de Mauá (CBM). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Imunotoxicologia   Inflamação   Mediadores da inflamação   Mediadores lipídicos   Citocinas   Anti-inflamatórios   Plantas medicinais   Baccharis dracunculifolia

Resumo

A planta nativa brasileira da espécie Baccharis dracunculifolia, conhecida também como própolis verde, tem sido usada como um popular remédio medicinal. A composição química da própolis é bastante complexa e variada, estando intimamente relacionada com a ecologia da flora de cada região visitada pelas abelhas e com o período de coleta da resina. Os componentes bioativos de B. dracunculifolia têm atraído a atenção dos pesquisadores devido às atividades biológicas, tais como, antimicrobiana, antioxidante, anti-inflamatória e antitumoral. No entanto, nada existe descrito sobre a produção de mediadores lipídicos e o envolvimento do inflamassoma durante a resposta anti-inflamatória de compostos da planta B. dracunculifolia. Assim, neste projeto de iniciação científica, temos como objetivo: (I) avaliar a atividade anti-inflamatória dos compostos isolados, ácido cumárico e bacarina, da espécie Baccharis dracunculifolia frente ao estímulo inflamatório; (II) investigar a produção de citocinas e mediadores lipídicos, bem como, a participação do fator de transcrição NF-kB e a ativação do inflamassoma. Espera-se encontrar uma nova ferramenta terapêutica para o modelo de doenças inflamatória.