Busca avançada
Ano de início
Entree

S-RED: Sistema de Registro Eletrônico de Dose para exames médicos que utilizam radiação ionizante

Processo: 19/24928-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Hilton Vicente César
Beneficiário:Elio Antonio Paulino Junior
Empresa:Empresa a definir
CNAE: Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis
Atividades de atendimento hospitalar
Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica
Vinculado ao auxílio:19/00869-3 - S-RED: sistema de registro eletrônico de dose para exames médicos que utilizam radiação ionizante, AP.PIPE
Assunto(s):Física médica   Neoplasias mamárias   Radiação ionizante   Tomografia computadorizada   Exposição a radiação   Registros médicos   Ciência de dados   Big data

Resumo

O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção em homens e mulheres é de 1:100 - ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. Segundo o INCA, é que represente, em 2016, 28,1% do total dos cânceres da mulher. Considerando a tecnologia Digital Radiography - DR, uma área importante de aplicação seria na mamografia. Conhecer a dose dos exames de mamografia pode ser importante dentro de programas de rastreamento de câncer de mama, por exemplo, nos quais as mulheres fazem exames periódicos, geralmente uma vez por ano. O uso da ciência de dados para o acompanhamento e avaliação da exposição dos pacientes à radiação ionizante decorrente dos exames por imagem em Big data para manipulação das informações DICOM, openEHR como modelo canônico de dados e HL7 para realizar interoperabilidade de dados clínicos se apresentam como tecnologias da informação para composição de um sistema de registro eletrônico de dose para exames médicos que utilizam radiação ionizante. Assim, estar atualizado nas tecnologias e conhecimentos técnicos de suporte a pesquisas e aplicações nesta área e nas modernas infraestruturas de suporte a essas aplicações é de suma importância para contribuir efetiva e proativamente em projetos de pesquisas que envolvem dados médicos.