Busca avançada
Ano de início
Entree

Dispositivo eletrônico para o diagnóstico de Leishmaniose Visceral Humana

Processo: 19/25277-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Wendel Andrade Alves
Beneficiário:Freddy Alejandro Nunez Esteves
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/02317-2 - Interfaces em materiais: propriedades eletrônicas, magnéticas, estruturais e de transporte, AP.TEM
Assunto(s):Doenças negligenciadas   Leishmaniose   Peptídeos   Química supramolecular   Eletroquímica   Técnicas biossensoriais

Resumo

As Leishmanioses são enfermidades parasitárias causadas por diferentes espécies de protozoário do gênero Leishmania e transmitido por insetos flebotomíneos. Essa doença apresenta tratamentos limitados e em vários casos apresentam efeitos indesejados, o que torna o diagnóstico prévio essencial. Dentro dos métodos de diagnóstico, o mais comum e definitivo, é a observação ótica do parasito através da cultura em meio específico. Apesar de boa especificidade, é um procedimento perigoso e demorado, já que erros podem levar a fatalidades. Como alternativa ao diagnóstico ótico, outras possibilidades podem ser exploradas, como identificação de kDNA por PCR e detecção de antígenos/anticorpos em amostras de sangue através de ensaios como ELISA e IFAT. Nesta proposta, uma arquitetura já descrita na literatura pelo grupo de pesquisa (ACS Appl. Electron. Mater. 2019, 1, 2086-2095), em parceria com a empresa Rheabiotech Ltda, será otimizada para detecção em campo. Para isso, as medidas em potenciostato portátil serão validadas, seguido da simplificação da aquisição e análise de dados. Por fim, será feita a montagem de banco de dados utilizando soros de diferentes indivíduos saudáveis e pacientes com Leishmaniose Visceral e Cutânea para treinamento e validação cruzada de modelo de classificação binário (saudável ou infectado) utilizando a regressão logística, sendo que a performance do modelo será analisada através da curva de característica de operação do receptor (ROC), obtendo parâmetros como sensibilidade e especificidade do método de diagnóstico. Além disso, serão construídos dispositivos transistorizados para detecção da Leishmaniose. Para isso, serão sintetizados outros peptídeos devido aos seus desempenhos demonstrados em trabalhos anteriores do grupo. (AU)