Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação por câmera termográfica de implantes de elastômero termoplástico (TPE) e de co-poliamida associada à elastômero termoplástico (pctpe) customizados por impressora tridimensional em traqueia de coelho

Processo: 19/23145-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Paola Castro Moraes
Beneficiário:Ana Carolina Gasques Salgado dos Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia geral   Próteses e implantes   Período pós-operatório   Reparo tecidual   Termografia   Elastômeros   Impressão tridimensional   Mediadores da inflamação   Teste de biocompatibilidade   Coelhos

Resumo

A termografia permite analisar funções fisiológicas relacionadas à temperatura corpórea, além de demostrar um ótimo resultado por se tratar de um método não invasivo, objetivo e de baixo custo, que tem um excelente uso na análise de processos inflamatórios durante a reparação tecidual. O presente trabalho tem como objetivo utilizar a termografia como método diagnóstico para identificar possíveis processos inflamatórios após reparação de área traqueal, analisando assim a biocompatibilidade dos materiais utilizados. No presente estudo 48 coelhos serão distribuídos em quatro grupos e submetidos à ressecção parcial de cinco anéis traqueais, sendo o Grupo Controle (GC), com remoção do defeito traqueal e reposição da cartilagem removida, Grupo Flape Muscular (GFM) com remoção do defeito traqueal e realização de flape do músculo esternohioideo sobre o local do defeito, Grupo PCTPE (GPCTPE), com remoção do defeito traqueal e fixação de prótese 3D de PCTPE e Grupo TPE (GTPE) com remoção do defeito traqueal e fixação de prótese 3D de TPE. No pós-operatório os animais serão avaliados diariamente observando alterações que possam ser causadas pelo emprego das técnicas, antes do procedimento de eutanásia os animais serão submetidos a termografia da área cirúrgica para avaliação do processo inflamatório. As imagens captadas pela câmera termográfica serão interpretadas por meio do Software modelo Flir-Tools.