Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência do desenvolvimento auditivo na linguagem do prematuro extremo e de baixo peso ao nascimento

Processo: 19/20804-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2019
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Beatriz Servilha Brocchi
Beneficiário:Barbara de Freitas Alexandre
Instituição-sede: Faculdade de Fonoaudiologia. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Audiologia   Linguagem   Audição   Desenvolvimento da linguagem   Recém-nascido prematuro   Testes auditivos   Registros eletrônicos de saúde

Resumo

Os avanços tecnológicos nos cuidados neonatais vêm crescendo nos últimos anos, assim como a preocupação com o desenvolvimento e a qualidade de vida de crianças prematuras extremas ao nascimento. Os bebês prematuros extremos e/ou baixo peso são considerados de risco para o desenvolvimento e o monitoramento auditivo é um acompanhamento imprescindível para a detecção precoce de alterações auditivas, que podem impactar no desenvolvimento da linguagem. Objetivo: Caracterizar o desenvolvimento auditivo de crianças prematuras extremas e de baixo peso ao nascimento e relacionar com o desenvolvimento da linguagem. Método: serão participantes da pesquisa, 20 pais e crianças com idade gestacional abaixo de 33 semanas e/ou peso inferior a 1500grs ao nascimento e que nasceram em um Hospital escola de um município do Interior do Estado de São Paulo. Serão analisados os prontuários dos pacientes com relação ao histórico materno, histórico de internação da criança e monitoramento auditivo. Os dados coletados serão analisados e relacionados às informações relativas à avaliação de linguagem. O conhecimento sobre o desenvolvimento auditivo, nesta faixa etária crítica para o desenvolvimento, permitirá orientações a equipe multidisciplinar, aos pais e proposições para formas de intervenções precoces. (AU)