Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo ab initio de nanoligas de cobre e zinco protegidos por ligantes

Processo: 19/26481-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Juarez Lopes Ferreira da Silva
Beneficiário:Gianluca Ragassi
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/11631-2 - Ciência Computacional de Materiais, AP.PCPE
Assunto(s):Teoria do funcional da densidade   Ligantes   Nanoclusters   Zinco   Cobre   Densidade

Resumo

O estudo de nanosistemas de cobre e zinco por meio do método de DFT pode trazer importantes informações a respeito de suas propriedades. Quando bem interpretados, os dados obtidos podem auxiliar no entendimento de como esses sistemas interagem com o ligante Cp* (Cp* = pentametilciclopentadieno), responsável por mudanças na estrutura e nas propriedades dos sistemas nanométricos, tendo grande efeito também na capacidade que estes compostos possuem de realizar catálise heterogênea. O ligante Cp*, por exemplo, atua doando 6 elétrons para o metal no qual está coordenado, provocando uma mudança na densidade eletrônica e, consequêntemente, nas propriedades do sistema. O efeito do tamanho e da composição nas propriedades das nanoligas de zinco e cobre é de grande interesse atualmente na área da nanociência, visto que há uma escassez de trabalhos com este foco. Nesse contexto, este projeto de iniciação científica tem como principal objetivo estudar os efeitos da composição e tamanho em clusters binários de zinco e cobre associados a ligantes Cp* utilizando Teoria do Funcional da Densidade, que utiliza a densidade eletrônica para calcular as propriedades de um sistema com n elétrons. Dessa forma, o projeto visa preencher a lacuna existente na literatura a cerca das propriedades de nanoligas de zinco e cobre bem como o potencial que estes sistemas possuem para realizar catálise heterogênea por meio da ativação da molécula de metano.