Busca avançada
Ano de início
Entree

Os sentidos da didática negativa na pedagogia negativa do cinema: uma análise a partir da reconstrução empírica

Processo: 19/21271-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 31 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Pesquisador responsável:Luiz Roberto Gomes
Beneficiário:Helga Caroline Peres
Supervisor no Exterior: Marion Pollmanns
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Europa-Universität Flensburg (EUF), Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/09707-0 - Se podes ver, repara: a (re)educação do olhar em cena, BP.DR
Assunto(s):Didática

Resumo

Este projeto vincula-se ao projeto principal de doutoramento intitulado "Se podes ver, repara: a (re)educação do olhar em cena" (Proc. Fapesp: 2017/09707-0). Visamos, dentro desta proposta de estágio de pesquisa no exterior, aprofundar as análises sobre os sentidos e o caráter da didática negativa no âmbito de uma pedagogia negativa do cinema - pedagogia esta que intenciona dar condições para a realização da experiência estética com os filmes. Levando em conta a interlocução com o projeto de pesquisa principal, no qual objetivamos explorar os limites e as potencialidades de tal experiência em sala de aula - por meio de uma proposição pedagógica que cause fissuras no modelo de apropriação dos filmes como recurso didático que se interpõe entre os indivíduos e os conteúdos - objetivamos, no projeto a ser desenvolvido durante o estágio de pesquisa na Europa-Universität Flensburg/Alemanha, aprofundar as discussões específicas sobre o âmbito didático de tal proposição e aprimorar as análises dos dados empíricos produzidos no Brasil. Tais dados foram produzidos a partir de intervenções pedagógicas efetivadas pela pesquisadora em uma sala de aula do Ensino Fundamental, estruturadas sob o formato de aulas e direcionadas à experiência com determinados filmes. Para tanto, espera-se que duas destas atividades sejam analisadas pelo grupo de pesquisa da universidade alemã, a partir da reconstrução empírica operada pela Hermenêutica Objetiva. A partir de tais análises, almejamos aprofundar a compreensão dos sentidos da construção didática implicada nas intervenções pedagógicas em questão e seus sentidos no âmbito de uma pedagogia negativa do cinema. (AU)